quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

FECHAMENTO NOVEMBRO/2016 R$ 25.895,65 + 1.251,57 (5,08%)


Buenas pessoal, mês de novembro encerrado no azul também (em termos de aumento de patrimônio).
Mês sem muita novidade, trabalho continua corrido, com muito volume, porém a crise começa a rondar a empresa e já se escuta falar em dificuldades. Era visto que isto iria acontecer, pois a economia não deu sinais de melhora e as perspectivas no curto prazo são bem desafiadoras.

Este mês tive um aporte menor se comparado aos meses anteriores, pois concedi um empréstimo para ser pago no mês de dezembro. O aporte em si foi de +_ 1.500,00 provindos de dois empréstimos que recebi (um parcialmente).

 Tenho um empréstimo grande na rua na casa de 6k que contava com ele para fechar o ano com aproximadamente 40k investidos em FIIs. Acontece que este empréstimo foi acertado o seu pagamento para dezembro deste ano (com o 13º), mas talvez não o receba, pois o devedor é servidor público e as notícias do governo não são muito boas para esse pessoal. 

O devedor já me fez duas propostas: 
1ª - vai amortizando mês a mês, pagando os juros sobre o saldo devedor;
2ª- continua pagando apenas os juros e quando sair o pagamento do benefício (acredito que um dia saia) quita a dívida toda de uma vez. 

Ainda não decidi qual das duas alternativas optar já que ainda temos 20 dias até o prazo final.

Do lado das despesas continuo na mesma, mais um mês acima do planejado. Terminaram algumas, mas fiz outras necessárias, que acabaram por compensar.

Uma das despesas foi a troca de óleo no carro, optei por fazer no cartão em 3 vezes já que não tinha nada de juros.

A segunda foi uma compra de roupas e tênis, os quais estava super necessitado. Aproveitei a black fraude Friday e consegui alguns descontos (coisa de 30%). Está compra também parcelei, pois não havia desconto para pagamento à vista. Quem pesquisou conseguiu pegar bons descontos, mas teve muita fraude, bem típico do brasileiro!


Sergio Mallandro figura típica da Black Friday brasileira!


Na parte dos FIIs, tivemos um mês no vermelho. A maioria dos fundos que acompanho caiu, mesmo com a perspectiva de queda na selic (que se confirmou ontem a noite: 13,75%a.a a partir de hoje).

Era de se esperar uma correção depois da decolada do IFIX que corrigiu em 2,59%, abrindo assim, uma janela para entrada em alguns fundos. Como meu aporte foi reduzido este mês pelo motivo já citado, acabei optando por comprar as cotas que faltavam de CPTS11B pra fechar dentro do planejado (4k). Este foi um dos fundos que corrigiu bem neste mês e pude reduzir meu preço médio nele.

Outro fundo que abriu uma oportunidade muito boa (e continua) por conta da decisão do Banco do Brasil em fechar algumas agências foi BBPO (e acredito que BBRC também). O primeiro está na mira pra próxima semana, tomara que continue com estes preços. Pura especulação na minha humilde opinião, visto que os contratos com os fundos são atípicos e desta forma o aluguel está pago de qualquer forma (com agência funcionando ou não).

A obra chega aos últimos dias de trabalho, já preparando o psicológico para o ultimo gasto investimento.

Sem mais delongas, vamos aos números:



Abraço e bom fechamento de mês!


ATENÇÃO: ESSE BLOG NÃO TEM CERTIFICAÇÃO PARA ANÁLISE DE VALORES MOBILIÁRIOS, NÃO OFERECE CONSULTORIA DE INVESTIMENTO E NEM ANÁLISE. TRATA-SE APENAS DE UM DIÁRIO DE UM INVESTIDOR AMADOR.



sábado, 26 de novembro de 2016

Análise Memorial Office - FMOF11

Bom dia pessoal, hoje vou tomar a liberdade de falar de um FII que está em meu radar desde que comecei a investir neste seguimento: Memorial Office – FMOF11

Características: Fundo enquadrado no segmento tijolo - lajes corporativas. Está localizado próximo a importantes rodovias de acesso a cidade na Barra Funda zona oeste de São Paulo/SP.

O fundo possui 24 andares do edifício Memorial Office, edifício construído em 1999 com 30 andares.

Fundo administrado pela Coinvalores.



  Esta apresentação é clichê e encontramos em diversos sites. Agora vou expor alguns dados que me fizeram atentar a este fundo:


                                          * Média últimos 11 meses ** Total 2016   *** IPCA últimos 12 meses 
                                          
                                        
  
Observações:


  • É um fundo que tem capacidade de pagar um DY muito bom com vacância reduzida (2012-2015);

  • A cotação atual está rondando as mínimas do período analisado;

  • É um bom imóvel, bem localizado, e lembrando que SP será a primeira região a aquecer quando houver uma retomada da economia;

  • Valor patrimonial do imóvel por cota R$ 181,87;

  • Vacância atual: 47%;

  • Liquidez muito baixa;

  • Despesas bem elevadas por conta da quantidade de unidades vagas;

  • Imóvel com alta rotatividade de inquilinos;

  • Imóvel com boa colocação de unidades vagas;


Acredito ser uma boa compra de vacância, visto que é um imóvel bom e muito bem localizado. Consegue gerar um bom DY em períodos de vacância baixa se comprado nos preços atuais.

Pretendo encerrar o ano com algumas cotinhas deste fundo visto que está com valor bem descontado em comparação ao valor patrimonial. Sabendo que o investimento é para longo prazo e com base nos dados apurados (feitos meio por cima) nos últimos cinco anos o retorno sobre investimento (ROI) está acima de 54%, ou seja, uma média de 11% ao ano de retorno se comparado o valor da cota atual (ou de IPO). Leva se em conta claro, a quantidade de multas por quebra de contrato, que ocorreram muitas nesses período, mas que não deixam de ser rendimentos.

Sou leigo em dados técnicos como preço/m², absorção da região, entre outros dados que devemos analisar em uma possível compra já que não é um imóvel/fundo tão visado e há pouca informação sobre ele em fóruns, mas pretendo buscar mais informação.

O post está ai aberto a críticas e informações complementares, e qualquer discussão que possa agregar valor a analise será bem vinda.


Abraço e bom final de semana!



ATENÇÃO: ESSE BLOG NÃO TEM CERTIFICAÇÃO PARA ANÁLISE DE VALORES MOBILIÁRIOS, NÃO OFERECE CONSULTORIA DE INVESTIMENTO E NEM ANÁLISE. TRATA-SE APENAS DE UM DIÁRIO DE UM INVESTIDOR AMADOR.

sábado, 19 de novembro de 2016

OFF.TOPIC - Poema para se pensar

Bom dia, hoje no escritório trabalhando, adiantando umas tarefas por conta de prazos apertados para a próxima semana, apreciando musicas tradicionalistas das quais não abro mão, a exibição automática do youtube me presenteia com uma linda poesia, que a tempos não ouvia, mas que cai muito bem pra todos nós.

DO TEMPO 
Jayme Caetano Braun


O tempo vai repontando 
O meu destino pagão 
Vou tenteando o chimarrão 
Da madrugada clareando 
Enquanto escuto estralando 
O velho brasedo vivo 
Nesse ritual primitivo 
Sempre esperando, esperando... 

 É a sina do tapejara 
Nós somos herdeiros dela 
Bombear a barra amarela 
Do dia quando se aclara 
Sentir que a mente dispara 
Nos rumos que o tempo traça 
Eu me tapo de fumaça 
E olho o tempo veterano 
Entra ano e passa ano 
Ele fica a gente passa 

Que viu o tempo passar 
Há muita gente que pensa 
Mas é grande a diferença 
Ele não sai do lugar 
A gente que vive a andar 
Como quem cumpre um ritual 
É o destino do mortal 
É o caminho dos mortais 
Andar e andar nada mais 
Contra o tempo, sempre igual. 

 Tempo é alguém que permanece 
Misterioso impenetrável 
Num outro plano imutável 
Que o destino desconhece 
Por isso a gente envelhece 
Sem ver como envelheceu 
Quando sente aconteceu 
E depois de acontecido 
Fala de um tempo perdido 
Que a rigor nunca foi seu. 

 Pensamento complicado 
Do índio que chimarreia 
Bombeando na volta e meia 
Do presente no passado 
Depois sigo ensimesmado 
Mateando sempre na espera 
O fim da estrada é a tapera 
O não se sabe do eterno 
Mas a esperança do inverno 
É a volta da primavera. 

Os sonhos são estações 
Em nossa mente de humanos 
Que muitas vezes profanos 
Buscamos compensações 
Na realidade as razões 
Onde encontramos saída 
Nessa carreira perdida 
Que contra o tempo corremos 
Já que, a rigor, não sabemos 
O que haverá além da vida. 

 Dentro das filosofias 
Dos confúcios galponeiros 
Domadores, carreteiros 
Que escutei nas noites frias 
Acho que a fieira dos dias 
Não vale a pena contar 
E chego mesmo a pensar 
Olhando o brasedo perto 
Que a vida é um crédito aberto 
Que é preciso utilizar. 

 Guardar dias pro futuro 
É sempre a grande tolice 
O juro é sempre a velhice 
E de que adiante este juro 
Se ao índio mais queixo duro 
O tempo amansa no assédio 
Gastar é o melhor remédio 
No repecho e na descida 
Porque na conta da vida 
Não adianta saldo médio!






quarta-feira, 9 de novembro de 2016

RENDIMENTOS/DESPESAS NOVEMBRO/2016

Fala galera segue o link  para acompanhamento do Ranking Alternativo Blogueiros de Finanças - Outubro 2016 feito pelo Viver de Construção - VDC. Galera lá ta se puxando, aportando forte e eu sigo na mesma linha, subindo 3 posições este mês. O ranking é uma disputa saudável que ajuda muito no sentido de incentivar os blogueiros a seguirem firme nos seus objetivos.

Estou também no ranking do blog Jogo do Milhão (os pobretões da blogosfera com capital até 40k) feito pelo Self-Made man (confira aqui) que este mês ta atrasado rsrs  ainda não atualizou, mas tá lá o de setembro ! Confiram!!

Logo teremos O ranking de renda passiva, que está sendo idealizado pelo companheiro Living of Dividends do Blog Viver de dividendos e rendimentos e que tem o propósito de registrar a renda passiva acumulada dos blogueiros durante o ano corrente. Estou na expectativa, afinal este é um indicador importante da IF!

Bom, hoje é dia de registrar quanto vai pingar na minha conta esse mês. Segue aumentando os pingados, este mês subiu + 9,38% comparado ao que recebi em outubro. Parece bom, mas eu estava na expectativa que subissem bem mais, visto que todo aporte deste mês foi destinado a CPTS11, fundo de papel que vinha até então pagando cerca de 1,25% a.m. Até então, pois este mês, por conta da nova captação feita, o rendimento caiu para 0,74% me deixando um pouco decepcionado pra ser bem sincero! O relatório do fundo ainda não saiu, mas acredito que nos próximos meses, com a devida destinação dada ao capital levantado, os rendimentos voltem ao patamar anterior a captação.

Além de CPTS, outros fundos informaram rendimentos inferiores aos pagos no mês de outubro: FLMA, BRCR, BCFF E KNCR. (a crise ainda vai castigar muito fundo, espero que castigue os preços tbm hehe)

Do lado das despesas continua tudo na mesma. Ainda não consegui trazer as despesas para a meta pois tenho algumas coisas parceladas no cartão, além de datas festivas que sempre levam uma grana extra, mas se tudo der certo a partir de 2017 não tem desculpa, essas despesas tem que baixar! 

Com a obra também continua tudo na mesma, mas estou na reta final, com data de término das despesas relacionadas a ela em janeiro/2017, (mê que provavelmente não terei aporte).

Segue o gráfico da 1º etapa da IF:



 (clique para melhor visualização)
Dados:

Rendimentos recebidos: R$188,72

Rent. S/ capital investido: 0,85%

Rent. S/ capital em 31/10: 0,77%

Variação em relação ao mês anterior: + 9,38%

Total de DY recebidos no ano: R$ 1.276,50

Meta de DY para 2016: R$ 1.500,00

1º etapa da IF concluída: 11%

* Valorização da carteira de FIIs: +16,30%

Comentários:

Mesmo aportando este mês em Fii de papel (CPTS) fiquei com um retorno sobre capital investido na casa dos 0,85% (que é a meta) mas esperava mais (como já explicado) pois o próximo aporte será destinado a tijolos e então vai ser difícil se manter nesta meta no mês que vem. 

Inclui nos dados a Meta de DY para 2016, acho importante ter um objetivo de curto prazo traçado, ajuda a focar e também serve de incentivo (pretendo comemorar estas metas alcançadas). 

* Passei a calcular a valorização da carteira de FIIs através da Planilha do AdP pelo sistema de cotas. Acho bem interessante a metodologia e resolvi aderir. Fiquei com um pouco de dúvida na hora do preenchimento dela pois, na própria tabela, ha recomendação para não contabilizar os rendimentos recebidos e reinvestidos como aporte (por consequência entra como rentabilidade) e não via desta maneira os DY. Mas fui em busca de informação e aqui está explicado por que é feito desta maneira. 

Abraço!



ATENÇÃO: ESSE BLOG NÃO TEM CERTIFICAÇÃO PARA ANÁLISE DE VALORES MOBILIÁRIOS, NÃO OFERECE CONSULTORIA DE INVESTIMENTO E NEM ANÁLISE. TRATA-SE APENAS DE UM DIÁRIO DE UM INVESTIDOR AMADOR.